Suzano integra Índice Dow Jones de Sustentabilidade

Seleção considera apenas as melhores empresas de cada setor analisado globalmente  

Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, foi selecionada para integrar a seleta carteira 2020-2021 do Índice Dow Jones de Sustentabilidade – Mercados Emergentes (DJSI Emerging Markets). O índice é composto por apenas 10% das melhores empresas de cada setor, dentre as 780 maiores companhias avaliadas dos 20 países caracterizados como mercados emergentes.  

Além da Suzano, apenas outras dez companhias brasileiras fazem parte das novas carteiras que integram a família de índices DJSI, conforme divulgado na última sexta-feira (13) pela avaliadora suíça SAM, integrante da S&P Global.  

Índice Dow Jones de Sustentabilidade

O prestigiado Índice Dow Jones de Sustentabilidade foi criado em 1999 para identificar empresas que apresentam as melhores práticas em sustentabilidade, através da análise de diversos critérios nas dimensões econômica, ambiental e social com foco na criação de valor no longo prazo para os acionistas. O processo anual de seleção é auditado externamente pela Deloitte. 

“Continuaremos a nos dedicar para que nossas práticas ambientais, sociais e de governança sejam continuamente reconhecidas diante da dinâmica agenda ESG e da crescente atenção global dada à geração de valor no longo prazo e de forma sustentável”, afirma Marcelo Bacci, diretor executivo de Finanças e Relações com Investidores da Suzano. 

Suzano 

 A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *