Startup goiana promete reduzir perdas (e prejuízos) em até 90%

Todos os meses, um supermercado de pequeno porte, com faturamento de R$ 150 mil, joga no lixo aproximadamente R$ 3 mil. Anualmente, o prejuízo pode chegar a R$ 36 mil. Em Goiás, onde existem 6,6 mil estabelecimentos com essas características, esse valor chega a R$ 237 milhões. Agora, imagine se fosse possível diminuir essas perdas em 90%. E que os 10% restantes poderiam ajudar muita gente que precisa. E tudo isso por R$ 600,00.

Total Strategy

É a proposta da Total Strategystartup goiana focada em diminuir o desperdício com perecíveis em estabelecimentos comerciais que acaba de ser selecionada do Inovativa de Impacto 2020. Realizado anualmente, o programa de aceleração com até seis meses de capacitação, conexão e mentoria, que beneficia startups com impacto socioambiental.

A solução criada pelo trio Cynara Bahia, cientista da Computação, Waltenes Plácido e Ricardo Crispim, ambos analistas de sistemas, é composta por três ferramentas: o Box, o Eco e o BIG. Juntos, por meio de processos que envolvem o tratamento de dados e inteligência artificial, eles possibilitam a gestão de produtos perecíveis em supermercados, farmácias e similares, reduzindo o desperdício. O controle do estoque é feito conforme a data de validade. Por meio do aplicativo Box, utilizados pelos repositores para escanear o código de barras dos produtos, o comerciante recebe informações quando alguns marcos temporais são atingidos. Assim, ele tem dados para adotar a melhor estratégia para evitar ter de jogar fora.

A 45 dias do vencimento, a ferramenta mostra que é preciso mudar o direcionamento do produto. O comerciante pode, por exemplo, colocar as unidades mais à frente nas gôndolas e prateleiras. Faltando 30 dias, ele é orientado a coloca-los em expositores com mais destaque. Quando restam 15 dias, é hora de fazer promoções. Outra possibilidade é usar o marketplace da ferramenta, em que alimentos, produtos de limpeza e medicamentos são vendidos por e-commerce, numa espécie de outlet digital. Por fim, três dias antes da data de validade expirar, é hora de tirar o produto da loja.

É, então, que entra a parte social da solução. A ferramenta é capaz de conectar os comerciantes a entidades filantrópicas. “Os produtos têm de ser para consumo imediato. Por isso, é preciso saber quantas pessoas cada entidade tem, para direcioná-los, pois nada pode ficar guardado”, explica Cynara Bahia, que é especializada em gestão empresarial e tem mais de 15 anos de experiência no varejo.

Parcerias

Total Strategy é fruto de uma parceria que começou em 2016. Inicialmente, o aplicativo era direcionado aos representantes – cerca de 4 mil chegaram a baixa-lo. Em 2019, foi feita o que chamam, no jargão das startups, a “pivotagem”, processo em que se muda o direcionamento da empresa. A partir de então, o público-alvo passou a ser os estabelecimentos comerciais. Antes do Inovativa de Impacto, a startup passou por vários outros programas de aceleração, como o Conecta Startup Brasil (onde obteve investimento de R$ 50 mil) e o Centelha (com aporte de R$ 60 mil via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás – Fapeg).

Segundo Waltenes Plácido, 60 clientes estão cadastrados. Entre eles, estão lojas do Grupo Cencosud, que atua em todo o Brasil, Grupo Smart Colima (de São Paulo) e o Super Pinheirão (do Nordeste). Em Goiás, foi firmada parceria com a Associação Goiana dos Supermercados (Agos). Segundo Cynara Bahia, chegou o momento de alcançar grandes redes, “como um Carrefour”, diz.

O Inovativa de Impacto é uma vertente do Programa Inovativa Brasil. Desde 2016, mais de 1 mil startups se inscreveram no programa e mais de 80 participaram. Neste ano, foram selecionadas 40 startups que fazem cursos, recebem mentorias especializadas e, destas, 20 se apresentam para uma banca de investidores e representantes de aceleradoras e de outras instituições ligadas ao tema. Nos próximos seis meses, essas empresas terão acesso a cursos de capacitação on-line, webinars, treinamento de simulação de pitch (discurso para investidores) com feedback de mentores convidados, workshops e mentorias coletivas e individuais.

Ricardo Crispim, Waltenes Plácido e Cynara Bahia-Foto: Divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *