Empresas de ônibus no Brasil e no exterior adotam inovações da Marcopolo para evitarem contaminações por coronavírus

Empresas de ônibus no Brasil e no exterior começam a adotar as inovações de biossegurança da plataforma Marcopolo BioSafe, para evitarem as contaminações por Covid-19, além de outros vírus e bactérias, durante as viagens. A plataforma foi lançada em junho pela Marcopolo, líder na fabricação de carrocerias de ônibus no país e referência no desenvolvimento de soluções para mobilidade. Entre as companhias que já implantaram as novas soluções estão a Doce Rio Fretamento e Turismo, do Rio de Janeiro (RJ), e a empresa Andimar, no Chile.

Plataforma Marcopolo BioSafe

A plataforma Marcopolo BioSafe abrange uma série de inovações que visam proteger passageiros e profissionais no transporte coletivo. Entre elas, estão um avançado sistema de desinfecção por névoa (FIP Onboard, desenvolvido em parceria com a startup Aurratech), o distanciamento seguro de poltronas, cortinas de proteção antimicrobianas e uso de raios ultravioletas UV-C no ar-condicionado e nos sanitários. Todas foram testadas pelo Laboratório de Microbiologia Clínica da Universidade de Caxias do Sul. Veja aqui o vídeo do ô n i b u s p ó s – p a n d e m i a .

Ônibus

“Embora os ônibus não sejam vetores de transmissão de coronavírus, inovamos para resgatar a confiança dos passageiros neste cenário de pandemia e ajudar a mitigar os riscos de contaminação de diversas doenças, incluindo a Covid-19. Desta forma, também contribuímos com a retomada dos setores de transporte e turismo, que são cruciais para a própria retomada econômica do país”, afirma James Bellini, CEO da Marcopolo.

Doce Rio Fretamento e Turismo adotou o sistema de desinfecção por névoa. “Na nossa visão, nosso negócio busca sempre unir tecnologia, segurança e bem-estar dos funcionários e dos clientes. Por isso, estamos sempre nos modernizando e somos focados em inovação”, relata Erasmo Machado de Vasconcelos, sócio-diretor da empresa, que conta com uma frota de 126 veículos. Já a chilena Andimar acaba de adquirir 13 ônibus modelo Paradiso 1800 DD para o transporte privado de passageiros de uma mineradora no país. Os itens BioSafe embarcados são: álcool gel na porta e no início da escada para o segundo piso, desinfecção por raios ultravioletas UV-C no sanitário e cortinas antimicrobianas entre as poltronas e o corredor.

A Marcopolo também começou a oferecer o FIP Onboard para o mercado peruano. O serviço de desinfecção dos veículos é viabilizado pela representante oficial da empresa no país, a Mercobus. Os testes de implementação começaram com empresas que atuam no segmento rodoviário de longa distância e no transporte privado de profissionais para as companhias mineradoras. Na Argentina, a primeira aquisição de um ônibus com um abrangente conjunto de soluções, que incluem desde álcool gel na entrada do veículo a cortinas e capas de assentos antimicrobianas, acaba de ser realizada pela empresa Gaspar Diaz Turismo, de Buenos Aires.

Marcopolo

Marcopolo lembra que, apesar destes novos recursos, os passageiros devem continuar seguindo as recomendações das autoridades sanitárias para proteção à Covid-19, incluindo o uso de máscaras e desinfecção das mãos.

Covid-19

Outras aplicações – Algumas soluções da companhia, no entanto, extrapolam o setor de transporte e poderão ser aplicadas em diversos ambientes como, por exemplo, unidades médicas, indústrias alimentícias e escritórios, entre outros estabelecimentos. Um exemplo é a desinfecção por névoa, chamada sistema FIP Spaces, oferecida em conjunto com a startup Aurratech e já adotada pelo luxuoso Etnia Casa Hotel, em Trancoso (BA). O hotel é o representante de vendas exclusivo para o segmento hoteleiro.

Imagem de Mario Venzlaff por Pixabay 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *