Solução de eletromobilidade destaca startup paranaense no mercado

Fruto de uma parceria desenvolvida no Núcleo de Inovações Tecnológicas da Unioeste, a Wall Box Brasil já possui contrato com grandes marcas automobilísticas

A pesquisa da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (Abve) estima que o mercado nacional de veículos elétricos e híbridos deve crescer de 300 a 500% nos próximos cinco anos. Atualmente, a frota soma 16 mil. No mundo, segundo a Bloomberg New Energy Finance (BNEF), até 2040, pelo menos 56 milhões de carros elétricos estarão em circulação.

Diante dos dados otimistas em relação ao crescimento deste mercado, novas soluções estão sendo desenvolvidas para suprir a demanda de eletromobilidade. Com grande eficiência energética, altos rendimentos e pequenas perdas, o motor elétrico vem despertando o interesse de empresários, principalmente no universo das startups.

 NIT – Núcleo de Inovações Tecnológicas da Unioeste

Em Cascavel, no oeste do Paraná, dentro do NIT – Núcleo de Inovações Tecnológicas da Unioeste, nasceu a startup Wall Box Brasil, única a possuir o registro de um eletroposto produzido com tecnologia 100% nacional. Adaptado para atender a todos os padrões de veículos elétricos, a startup é destaque por ter alcançado resultados significativos em um curto período.

Eletroposto

“Criei o eletroposto há cerca de três anos, mas ainda não havia encontrado oportunidade para testá-lo. Em 2019, no entanto, eu e meu sócio, Amauri Ghellere, apresentamos a solução para a Prefeitura de Cascavel, que havia adquirido dois veículos elétricos, mas não tinha local adequado para fazer a recarga. Oferecemos a tecnologia de forma gratuita e, desde outubro do ano passado, já entregamos cinco eletropostos”, conta Cristiano Lewandoski, CEO da startup Wall Box Brasil.

Wall Box Brasil

Em 2019, Wall Box Brasil entregou os primeiros eletropostos em Cascavel. Crédito: Assessoria Unioeste

Com a parceria, o produto foi validado na prática, o que acelerou os processos de registro da solução. Além disso, a startup faz parte de um projeto de mobilidade elétrica da Unioeste, que recebeu aporte de R$ 300 mil da Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná (SETI), e, recentemente, fechou contrato para prestar serviços de manutenção e instalação de eletropostos desenvolvidos pela Audi e BMW, no oeste paranaense.

“Percebemos, rapidamente, que há um mercado a ser explorado. Criamos um produto 100% nacional, o que barateia os custos para instalação dos eletropostos em diversas partes do País e, ainda, não tem limitações quanto aos diferentes padrões de veículos elétricos”, acrescenta Cristiano.

Amauri Ghellere utilizando tecnologia desenvolvida pela Wall Box Brasil – Crédito: Cristiano Lewandoski

Reconhecimento

Neste ano, motivado pela vontade de crescer como empresa, Cristiano inscreveu a Wall Box Brasil no “The Lean Startup”, uma capacitação organizada pelo Sebrae/PR em parceria com a Valle Innovation, que proporcionou conexão direta com empreendedores do Vale do Silício e explorou a metodologia “startup enxuta”, criada por Eric Ries.

Ao final de cada etapa orientada pelo empreendedor e investidor Fernando Valle Figueiredo, as 40 startups participantes tinham uma avaliação. No encerramento da capacitação, com base em critérios como boas condições de lançamento e potencial para alavancagem no mercado, a Wall Box Brasil recebeu as maiores notas e, também, R$ 4 mil, patrocinado pela Valle Innovation.

“A startup obteve um destaque por estar muito organizada em relação à solução que oferta ao mercado e, principalmente, por deter o registro do produto, valorizando o trabalho realizado e garantindo segurança à startup e aos possíveis investidores”, pontua o consultor do Sebrae/PR, Osvaldo Brotto.

Segundo Cristiano, o resultado demonstra que a startup está no caminho certo e tem uma grande jornada a ser percorrida no mercado mundial da eletromobilidade.

“Identificamos que somos a única empresa do Brasil que desenvolve, instala e faz manutenção de eletropostos 100% nacionais. Temos uma ideia muito boa, um produto que funciona e um mercado promissor. Esperamos crescer muito e estamos trabalhando para siso, sempre ouvindo os feedbacks dos usuários para aprimorar a tecnologia a cada lançamento”, finaliza Cristiano. A empresa está em fase final do lançamento do seu novo site http://www.wallboxbrasil.com.br/.

Cristiano Lewandoski e o eletroposto da Wall Box Brasil. Crédito: acervo pessoal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *